(11) 2232-7122
Tipos de Roteiros
Valor do Câmbio

08/ 12/2017 US$=R$ 3,45 Euros=R$ 4,05

Com beatificação de Paulo VI, começa em Brescia o Ano Montiniano

brescia_alto

As celebrações por ocasião da beatificação de Paulo VI vão continuar. Por iniciativa do bispo de Brescia, Dom Luciano Monari convocou o “Ano Montiniano”, que terá início domingo, 19 de outubro de 2014, dia da beatificação e terminará dia 08 de dezembro de 2015, quinquagésimo aniversário do encerramento do Concílio Vaticano II.

Quatorze meses durante os quais a diocese de Brescia – origem de Montini – refletirá “a figura do beato, seus ensinamentos, valores que iluminaram a sua existência e que podem iluminar a nossa”, escreve Monsenhor Monari na carta aos párocos de sua diocese, proclamando o Ano Montiniano.

pauloPadre Pierantonio Lanzoni, vice-postulador da causa de beatificação e Dom Davide Milani, responsável pela comunicação da diocese de Milão, recordaram que, tanto na diocese de Brescia como na diocese ambrosiana (onde Montini foi Bispo) estão previstas inúmeras vigílias de oração.

CONHEÇA BRESCIA

A província de Bréscia ou, mais raramente, de Bríxia (em italiano: Brescia) é uma província italiana da região de Lombardia com cerca de 1.106.373 habitantes. Está dividida em 206 comunas, sendo a capital Bréscia.

A histórica cidade de Brescia na região da Lombardia, que atualmente é um centro industrial e comercial, foi na antiguidade uma das mais importantes cidades romanas e também do período medieval conhecida como Brixia. Este fato aparece no esplendor da arquitetura romana. Conhecida popularmente como a “Leonessa d’Italia”, dizem que a fundação da cidade está relacionada ao mitológico Hércules depois do cerco de Troia, mas historicamente a cidade foi fundada pelos gauleses.

Brescia está entre Milão/Verona e é o ponto de partida para os lagos de Garda e Iseo. As praças são atraentes e a cidade tem mais de 70 fontes públicas. O centro, com suas ruas históricas, oferece a cada ponto uma atração diferente. O Capitolium na Piazza del Foro foi no passado o coração da cidade, mas hoje a Piazza della Loggia é a mais bonita da cidade. A Torre do relógio faz lembrar Veneza, uma influência do período em que Brescia foi dominada pela República de Veneza.

bresciaA Praça do Mercado era um lugar de comércio desde o ano 400. Hoje com seus antigos pórticos, permite as compras em um local muito amplo. O Museo di Santa Giulia mostra orgulhosamente a longa e rica história da cidade e incorpora a Igreja de San Salvatore.

Mas a melhor arte de Brescia pode ser admirada no centro, na Pinacoteca Tosio Martinengo. Entre os destaques estão obras de Rafael, Tintoretto e Lorenzo Lotto, assim como muitos artistas locais e manuscritos de Dante. Brescia teve uma importante participação na história da lyra, do violino e outros instrumentos de corda. Antigos documentos atestam que no período de 1585 a 1895 a cidade teve uma magnifíca escola de músicos e professores de instrumentos de corda.

Assim como em várias cidades italianas, quando sentiam necessidade de uma igreja maior, simplesmente construiam outra ao lado. O duomo histórico chamado de Duomo Vecchio ou Rotonda é ofuscado pelo imponente Duomo Nuovo na Praça Paulo VI. Em 1769 a cidade foi devastada quando o Bastion de San Nazaro foi atingido por um raio que fez explodir 90.000 kg de pólvora que estava ali armazenado. O incêndio destruiu uma grande parte da cidade e matou 3.000 pessoas.

Da Via dei Musei, rotas sinuosas levam a uma colina com um parque arborizado. Este foi o local dos primeiros assentamentos da cidade que remonta à idade do Bronze. No cume está o Castello construído sobre fundações romanas, que além da bela vista da cidade é um local de lazer.

No Castello funciona um Museu com coleção de armas da Idade Média, Museu da ferrovia e um observatório astronômico. As colinas de Bréscia e riachos na montanha são locais ideais para a prática de esportes como asa-delta, parapente, canoagem ou rafting além dos parques naturais que permitem trilhas, caminhada e pesca. Entre outras termas, o Vallio Terme está situado entre Brescia e Lago Garda.

Apoio e Parceiros

Platanus Turismo — 2017 © Todos os direitos reservados